sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

a norma

a coisa mais normal do mundo
é querer ser considerado
respeitado
amado
enfim
ser tido e tratado como um
dos nossos
lado a lado com o desejo
de ser incomum original nunca visto
ou seja
único
então o normal é querer
o que não se pode
sonhar como se tudo fosse possível
e nada satisfaz ao ser
atingido
para além da ordem um imenso
vale-tudo
depois do ser um impensável
nada

(lá fora frio e aqui a cerveja quente)

5 comentários:

mauverde disse...

Que droga. Vai tomar banho, vai, Missosso.

Dalva Maria Ferreira disse...

E caso isso não se dê, dá-se o inusitado. E aí entram os paliativos, entre os quais escrever em verso e prosa o que talvez não se possa viver em carne e osso. Eu disse talvez.

missosso disse...

tks, banho tomado, rendo-me aos fatos: quando mais nada se pode fazer,escrevem-se versos.

José Doutel Coroado disse...

Caro Missosso,
se eu "fora" irlandês, acharia que tinha atingido o nirvana:
"(lá fora frio e aqui a cerveja quente)"
abs

maria disse...

É impossível ser único ou a única opção é ser normal?
O que é ser normal?
Texto simples, que faz pensar. Ao menos me fez! rs.

Gostei disso.