terça-feira, 4 de agosto de 2009

A Erva do Cheiro

foto: erva-de-rato

.o cheiro do rabo
O olho não enxerga tudo que já viu
a perna não se articula.com
o corpo mítico do Pai
frag-mentado
o(s) sentido(s) do mundo(s)
não está pronto o PHÁRMAKON (veneno-remédio)
bocas, vulvas
surgem em alguns frames com uma concretude
escultórica

O GIGANTE DEITADO

a erva do ralo
a merda os tons marrons
a grana o rolo a bunda os sótons
a putaria a bandalheira
organizada na forma
de instabilidade
um modo de ser vida e morte
em constante permuta
ora signo
ora peso
ora grito

DIÁSPORA POÉTICA: NÃO SE DEVE CORTAR OS PÉS DO RATO

o sonho
segredo que conta
histórias

o horror cria segredos
para silenciar
a história

SUPORTAR AS ANARQUIAS DO AMOR E DA SORTE

o cheiro do rato
como conviver com o rato?
Esse rato nasceu do amor
veio do entrenós
parido no entretempo
terceiro
gerado no hálito humor
de álgidos túmulos

TERMINABILIDADE DO ENTE PRIMORDIAL

a concepçãO
loucura.com.br
problemas do Brasil-problemão:
a folia é um interesse econômico
uma habilidade social
enlouquecer como estratégia
de cura
para a normalidade absurda
[do mal]

DISCIPLINA AMPLECTIVA DO AFETO, A TECNOLOGIA CORPORAL DO NÔMADE

O MAL não é substância
mas relação
cediça

amor é despojamento
combustão espontânea pornográfica
do interstício
físico-simbólico

por mais desejo que haja na matéria
resta (o extemporâneo)
nos imprevistos da fatura
Eu-Mãe-Mundo

amar é trair
pátria, família, propriedade
trair o objeto do amor
trair o amor em si

7 comentários:

Antonio Bento disse...

aprendi uma frase com um simpático lama tibetano de 80 anos e lá vai pedrada, foi o que pensei lendo esse poema, sim, ele terminava suas falas com essa frase e um sorriso: - é isso o que é!

angela disse...

Quanto desencanto,amigo
A coisa ficou tão feia...

missosso disse...

Antonio e Angela me dizem coisas quase opostas: estarei perto da sabedoria de um velho lama ou do desencanto? A verdade é mista, porque quis fazer uma resenha poética homenageando 3 filmes que me bouleversaram -- a concepção, o cheiro do ralo e a erva do rato. Haverá esperança?

Anônimo disse...

Claro que sim, cadê o Castañeda???

missosso disse...

boa lembrança o velho discípulo de D. Juan, mas essa já é a Erva do Diabo... o que também cabe porque ela também é veneno-remédio.

angela disse...

Penso que desesperançada estou eu, vi o debate no senado e ai o cheiro do ralo ficou impregnado.
Amanhã leio de novo.
abraço

angela disse...

Acho que continuo desesperançada...