segunda-feira, 4 de abril de 2011

o silêncio da água


EU é uma outra
presença
um mala sem alça
EU é um outro
ausente
uma perna sem calça

o ser é a caça
do tempo
o humano sua
doença

Samba Shiva, samba
vai consultar Ifá
ensina a deixar
toda mágoa pra trás

o homem divide tudo por zero
carregando às costas
a má consciência
judaico
cristã
islamo
confucionista

plurivíduo
unimúltiplo recém-nato
apenas saído do
azul
do manto de Iemanjá

Samba Shiva, samba
vai consultar Ifá
ensina a deixar
toda mágoa pra trás

3 comentários:

Climacus disse...

a multiplicação de Adão foi o jeito do cara amar o outro como a si mesmo, já que para o Outro ele estava cagando e andando.

missosso disse...

mas, se a multiplicação dele justamente respondia a uma injunção Dele, o Outro?

Climacus disse...

puxa! pergunta cabeluda, vamos lá...

o primeiro mandamento antecede Eva, ela mesma, criada por Deus a partir da costela de Adão (quando este dormia),

ou seja, o "multiplicai" não pressupõe a possibilidade do amor reatar o homem a Deus.

seguem boas questões para um site com múltiplos artistas: pode a criação surgir de nossas estranhas? seria esta criação muito diferente da boa e velha transa?

O nó do problema: "entre as árvores do jardim, o homem e a mulher esconderam-se da presença de Deus" Gênesis, 3, 8