segunda-feira, 17 de outubro de 2011

SENTIDO CONTRÁRIO




















Ele vinha alegre,


ele vinha rindo,
vinha meio grogue,
curtindo o efeito da bebida forte
e sei lá mais do quê.

Ele vinha alegre,
vinha caminhando,

e vinha cantando,

e seguindo a canção.


Vinha bem feliz.

No meio da noite,
porém,
todavia,
vinha o infortúnio
em sentido contrário:

Tá rindo do quê?

Fim da libertè,
da egalitè, e não sei mais o quê.


4 comentários:

José Doutel Coroado disse...

Cara Dalva,
é mesmo: tá rindo do quê?
abs

missosso disse...

Dalva, no fundo escuro, essa foto é ainda melhor, bravo!

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
Não é à toa de que dizem que o contrário se atrai...
Bjm de paz

Clarice disse...

Tem sonhador que pisa em estrelas e quando acorda não sabe por que está tonto do voo.