quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Haikai com fome



abutre alado
prometeu acorrentado
comer meu fígado

(Edmar Oliveira)
____________________
© Foto de Ke
vin Carter. Abutre aguarda morte de criança no Sudão.


5 comentários:

missosso disse...

putz, vc podia ter dado um soco desses na ponta do queixo (põe pra dormir), assim deste jeito é na boca do estômago: verga e fica doendo. haikaí!

Anônimo disse...

Conseguiu!

angela disse...

A imagem me congela
O bicho a espreita da carne.
Carne tenra de criança,
Que de fome se consome,
Resignada como a gazela,
Que se aquieta nas presas da fera.
O bicho espera com calma
Sabem que a morte é certa.
E o homem?
Onde está o homem?
Um tira a foto que agora me consome a alma.

Um haikai perfeito.

Edmar Oliveira, disse...

angela,
o teu comentário é um poema. E bom...
Já te adorei

missosso disse...

era de se esperar: um poema a provocar o(s) outro(s) e as outras (agora já amiga).