quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Duplix por: Hod & Angela

Tela de Lourdes Castro .arte_facto hereges perversões


Vãos // Anseios

espreito frestas abertas // incompleto ser

gravito, lua longínqua luz // procuro palavras

varo noites por vãos // sucumbo, imensidão vital !

Hod Angela



Realizado com o amigo Hod do blog : O Olhar de Carpe Diem Para o Século XXI

6 comentários:

missosso disse...

Hoder! dupla felicidae Hod/Ângela, bravíssimo!

Mari Amorim disse...

Angela,
Parabéns!
O aprendizado nos faz caminhar rumo ao novo.Obrigada por tão gentis visitas e comentários
Boas energias,
Mari

angela disse...

Puxa vida amigos, tão triste esse pedaço. O Hod se foi no começo da tarde. Estou assim como canta o poeta Vinicius

De repente do riso fez-se o pranto
Silencioso e branco como a bruma
E das bocas unidas fez-se a espuma
E das mãos espalmadas fez-se o espanto.

De repente da calma fez-se o vento
Que dos olhos desfez a última chama
E da paixão fez-se o pressentimento
E do momento imóvel fez-se o drama.

De repente, não mais que de repente
Fez-se de triste o que se fez amante
E de sozinho o que se fez contente.

Fez-se do amigo próximo o distante
Fez-se da vida uma aventura errante
De repente, não mais que de repente.

Melanie Brown disse...

Quero entender tudo isso nos mínimos detalhes (duplix, letrix e afins).

angela disse...

Melanie
Pode começar a entender com o Poetrix que é o pai de todos os outros.
http://www.movimentopoetrix.com/visualizar.php?idt=1402047
Espero que goste.
beijos

Iuri Adônis disse...

Adorei. :D

http://refemdarotina.blogspot.com