sábado, 7 de agosto de 2010

O Pássaro que Dança


Um deus antigo, um anjo
Levita
Volteia
Rodopia
Hipnotiza
Em sua perfeição
Eleva
Enleva
Encanta
A sua dança leva
Uma estrela
Que pousa no coração.


Postagem conjunta com Ricardo do bloghttp://tertulhas.blogspot.com/

Quando Baryshnikov recebeu a medalha de ouro do Kirov na Competição Internacional de Ballet em Moscou em 1969, Maya Plissetskaya, que estava no juri deu-lhe 13 pontos dos possíveis 12...



3 comentários:

missosso disse...

baita casamento de imagens, poesia que nasce no corpo, mais leve que o ar, mais leve que o sopro deste feliz pas-de-deux. que tertúlia!

mauverde disse...

Muito bom a junção de linguagens, e o video do tio Misha dançando é fabuloso!

angela disse...

Missosso e Mauverde
Ele é fantástico mesmo em seu vôo.
Obrigada meninos e Tio Misha...me senti tiazinha da suquita.