domingo, 10 de agosto de 2008

talvez precisemos de um novo tipo de POBREMA


Não se homenageia
os heróis
das batalhas perdidas


Espectros
vivem na Outra Cena
transidos
por complexas operações
de regulagem de certos parâmetros:
opacidade, contraste, transparência, nitidez


a sã política
é filha da moral (e da razão)


o bom combate
nos adestra nas artes
da guerra e da independência
para que nossos filhos
aprendam arquitetura e engenharia
para que os filhos deles
aprendam as belas artes e a pintura


para tornar visível
o histórico
da história
é necessário o emprego de métodos corretos
de modo a extrair
de um conjunto de acontecimentos caóticos e disformes
um esboço
a escultura como paisagem não-natural
― estatutos de condomínio para um parque dos monstros

2 comentários:

joao disse...

do mesmo jeito que não existe sombra sem luz,
filhos sem pais, não existe guerra sem paz.
do mesmo jeito que não exite pobrema sem solussão,
não existe a sanidade sem a alucinação.
nem uma idéia boa sem uma rima tola.

Probemas Mutante, estréia dia 30 de agosto nas Oficinas Caps IV.ong

Dalva Maria Ferreira disse...

Gente!!!! Isso aqui é para se ler de joelhos. Jenuflexo!