terça-feira, 8 de julho de 2008

hhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh



o pior dos meus silêncios
tinge meu fígado de azul
cancela crianças no Sri Lanka
fecha os supermercados mais tarde

o pior dos meus silêncios
faz sicômoros chorarem flores
carrega o barulho das demolições
deixa a água passar por baixo da porta

o pior dos meus silêncios
cresce até me mastigar
e cospe os farelos
sobre a mata
verde
de onde os primatas fugiram

Um comentário:

missosso disse...

o pior dos silêncios é não ter poesia, mais b.illusion, mais!